Chupei gostoso o policial amigo do meu pai

Meu pai é policial e as vezes ele e seu amigo Tony fazem bico a noite como segurança nas boates aqui da cidade, meu pai é separado e então só mora eu e ele.

Sou Vinícios, 1.70 de altura e cabelo na moda, jeitão descolado como todo adolescente, roupas estilosas e pouco afeminado, afinal sempre soube do que gosto

Como disse Tony é amigo do meu pai e sempre aparece em casa para buscá-lo para os bico nas boates, Tony é alto, 30 anos e corpo de boas, não é atlético, mas também não tem barriga de shop, olhar perigoso, moreno e estilo charmoso que me dava um tesão ao ver, nunca pensei que um dia aconteceria algo.

Numa das noites meu pai acabou dormindo além da conta, ele é daqueles que apaga, então Tony chegou, todo simpático esbanjando beleza, eu estava no computador de boa, perguntou do coroa e eu disse que iria chamar.

Tony) – Deixa ele dormir, falta 40 minutos ainda pra gente sair.

Fiz ok com a cabeça e observando ele jogado no sofá, afinal ele já era da casa.

Tony) – O que joga aí?

Eu) – GTA.

Dizendo que gostava do jogo levantou e veio todo sorridente por de trás de mim mostrando uns códigos.

Eu) – Né que tu sabe mesmo!

Porém além de mostrar os códigos ele passava seu pau nas minhas costas, uma sensação que não sabia nem reagir, mas gostava.

Tony parecia que entendia meu desejo e meu não afastar daquelas sarradas, o que também com a dureza que sentia nas costas via que ele estava excitado.

Meu cu piscava e o medo do meu pai acordar com tudo aquilo dava ainda mais emoção.

Tony) – Se tu fazer este giro com o carro dou o que quiser.

Era mó difícil, tentei duas vezes e não consegui.

Tony) Perdeu, agora vai fazer o que quero?

Dei uma risada e menos de dois segundos ele já tirava a geba pra fora, grossa e toda com veias saltando, uma pica linda, um pau magestoso que parecia gostoso.

Tony) – Vem, vai ser nosso segredo.

Sem demora coloque a mão naquele pau, senti o calor do seu sexo enquanto meu cu piscava e minha boca aguava.

Sem demora comecei a chupar, gostoso e suculentas, cheiroso e pulsante.

Passei toda minha língua em cada parte, olhava para ele e seu olhar de prazer era intenso, afinal não era a primeira rola que provei, mas era a que tanto desejei.

Sua expressão de prazer e a minha de medo do meu pai acordar aguçava ainda mais nosso tesão.

Tony batia na minha cara com sua rola grossa e gostosa, eu segurava e enfiava tudo na boca, até o talo e dava uma sugada na geba.

Suas bolas lisa e eu brincando com elas na boca, seu corpo delícia e suas carícias no meu cabelo, que homem e que pegada, meu rabo em chamas louco pra dar, mas não seria possível, afinal papai logo acordaria.

Tony) – Vem!!!!

Me arrastou para meu quarto e lá apenas encostou a porta, abaixou meu calção e me colocou de quatro na cama, sua língua atolava no meu cu e eu rebolava, esfregava a raba na sua cara.

Meu cu piscando e ele lambendo, queria pica….

Ele apenas forçava seu pau na entrava do meu rego, mas sabia que era uma foda ousada demais, brincava com seus dedos no meu anelzinho que mordia seu dedo com cada vai e vem…

Sentei na cama e mamei tudo que pude, fiz ele gemer e metendo com força na minha boca ele parecia fazer dela o que cu que faltou…

Socava até o talo, me fazia engasgar, mas era prazeroso segurar nas suas coxas enquanto era fodido pela garganta, então acelerando ele jorrava porra, até tentei sair, mas em vão, ele forçava eu tomar tudo, sem resmungar.

Jatos e jatos de um leite quente, gosto amargo e eu com vontade de dar, mas já era um bom começo com aquele policial, amigo do meu pai.

Fim

Conto vivido pelo leitor Victor – Mossoró RN.

Escrito por Daniel.

contosdedaniel.blogsppt.com

One thought on “Chupei gostoso o policial amigo do meu pai

  1. Procuro grupo de machos ativos para me estuprar sem dó de verdade. Podem me dominar e fazer TUDO que quiserem comigo, mesmo se eu pedir pra parar e precisar ser à força.

    Meu whatsapp +55 19 99481-8715.

    Tenho vídeos e fotos em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *