Minha esposa e sua Amiga Bucetuda

Me Chamo Claudio (nome fictício), tenho 33 anos, 1,85 de altura, branco olhos castanhos escuros, sou casado e quem já leu nossos contos, sabe como nosso casamento é levado, cheio de aventuras e brincadeiras perigosas que faz nosso relacionamento cada dia mais gostoso.

De todas nossas fantasias apenas uma nunca havia acontecido, que era de transar com uma de suas amigas, essa ela sempre teve medo de tentar fazer, talvez com medo de um envolvimento maior entre nós, ou por ser alguém muito próxima, sinceramente não sei o real motivo, mas meu tesão sempre foi minha esposa e ela sabe disso.

Mas um dia quando conversávamos sobre nossos desejos, contei que já tive desejo em pegar sua amiga Priscila, acho que esse tesão surgiu por que minha esposa contava que Priscila apesar de seu jeito acanhado tinha também seu lado safado, uma mulher negra muita bonita, com uma bunda tão gostosa quanto de minha esposa Claudia, e toda vez que imaginava em ter elas duas de quatro na minha frente ficava e ainda fico totalmente excitado!

Depois de muito insistir, resolvi deixar esse assunto de lado, comecei a ter receio de continuar comentando essa minha vontade com ela, e esperei na base do quem sabe um dia.
Mas esse dia havia chegado e eu nem esperava mais por isso, Claudia chegou em casa e disse que havia marcado de sair pra tomar uma cerveja com Priscila, levei ela de encontro com sua amiga e fui pra casa, depois de algumas horas recebo uma mensagem para ir buscar as duas, pois Priscila já havia bebido muito e resolveu dormir em casa, quando cheguei onde elas estavam percebi que as duas riam muito e Priscila me cumprimentou de um jeito diferente, no caminho paramos pra comprar mais algumas bebidas pra tomarmos em casa, e a conversa foi ficando cada vez mais descontraida, foi quando senti a mão de minha esposa em minha perna, aquilo me deixou super excitado pois já comecei a desejar aquilo que eu tanto esperava.

Chegamos em casa e depois de bebermos mais um pouco Priscila foi tomar um banho pra dar uma relaxada , assim que ela entrou no banho minha esposa que já havia bebido um pouco mais veio me agarrando na sala de casa…

– ficou todo excitado quando passei a mão em sua perna neh?

– claro que fiquei

– Mas por causa de mim? Ou pq é louco pra fuder a Priscila?

– as duas coisas

– contei pra ela que vc tem tesão por ela

-serio? Ela disse o que?

– que se eu deixar ela da pra vc gostoso

Nessa hora, agarrei minha esposa beijando ela e erguendo seu vestido no meio da sala, começamos a nos agarrar ali mesmo e praticamente esquecemos que Priscila estava no banho, coloquei ela deitada no sofá, ergui seu vestido e coloquei sua calcinha de lado pra chupar sua buceta gostosa e carnuda, enquanto ela se contorcia de tesão… não percebemos que Priscila estava nos observando ainda de toalha, minha esposa parou minha cabeça e disse pra eu olhar pra traz, foi quando vi Priscila de pé encostada na parede nos olhando cheia de tesão com aquilo que estava vendo, me levantei e fui em sua direção puxando ela pra junto de nós dois, ela vinha calada apenas segurando sua toalha que minha esposa logo se encarregou de levantar e tirar, olhou pra mim perguntando…

– Não era ela que vc tanto me pediu?

Assim que olhei aquela mulher que tanto desejei totalmente nua na minha frente, não pensei duas vezes e fui agarrando ela, beijando seu pescoço, desci e comecei a beijar seus seios enquanto minhas mãos desciam por seu corpo até sentir sua bunda gostosa e poder sentir que sua buceta já estava molhada de tesão, deitei ela no tapete da sala e comecei a chupar sua buceta gostosa, enquanto minha esposa se tocava no sofá olhando nós dois no chão da sala… Priscila a se levantou e me colocou sentado no sofá, tirou minha roupa e começou a chupar meu pau, que delicia de boquete, minha esposa veio por cima de mim colocando sua buceta gostosa na minha cara, me fazendo chupar ela, que tesão do caralho, Priscila levantou sentando no meu colo e colocando meu pau bem devagar na sua buceta, quando ela começou a cavalgar tive que conter pra não explodir de tesão, ela rebolava gostoso,

Claudia saiu de cima e voltou a nos observar, foi então que coloquei Priscila de quatro debruçada no sofá, quando fui em direção aquele rabo gostoso, Claudia pediu pra eu parar….

– espera!

– O que foi amor?

-você vai ter o que tanto quer!

Claudia que tem uma bunda tão gostosa quanto da amiga, ficou de quatro do lado dela, me fazendo explodir de tesão, comecei a fuder a Priscila naquela posição enquanto ajudava Claudia a se masturbar, Priscila começou a gritar dizendo que iria gozar gostoso no meu pau, nessa hora Claudia e Priscila gozaram juntas me fazendo explodir meu pau de tesão gozando gostoso!

Quando terminamos, voltamos a conversar mais um pouco nos achando três loucos, mas essa loucura jamais esqueceremos!

9 thoughts on “Minha esposa e sua Amiga Bucetuda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *